FUE - Diogo Coimbra
(21) 2492-4150 (21) 98994-2010

FUE

Transplante Capilar – Técnica FUE

O termo FUE significa Follicular Unit Extraction em inglês. Em português, Extração de Unidades Foliculares.

Nesta técnica, na área doadora, são realizadas micro incisões circulares ao redor de cada Unidade Folicular (UF), permitindo a extração uma a uma, deixando cicatrizes puntiformes, que ficam praticamente imperceptíveis, mesmo se o cabelo estiver com um corte bem baixo. As incisões circulares têm de 0,8 a 1,0 mm de diâmetro, e são realizadas com o auxílio de um instrumento cirúrgico chamado micro punch.

A técnica FUE proporciona uma rápida recuperação, com rápido retorno às atividades cotidianas, cicatrizes mínimas, o que permite utilizar o cabelo bem curto.

Por outro lado, há um menor aproveitamento da área doadora. Para cada UF colhida, temos que preservar cinco ao redor (proporção 1:5), para que não haja o risco de diminuirmos, demasiadamente, a densidade capilar na região doadora, evitando assim que o cabelo fique ralo.

FUE - Follicular Unit Extraction

“Aspecto da área doadora imediatamente após a extração.”

Vantagens da FUE (vs FUT):
– Ausência de cicatriz linear na área posterior da cabeça, possibilitando uso de cabelos bem curtos
– Sem suturas
– Rápida recuperação
– Permite o Transplante Capilar em pacientes que não têm elasticidade na área doadora

Desvantagens da FUE (vs FUT):
– Menor aproveitamento da área doadora por sessão cirúrgica.
– Proporciona menos UF do que a técnica clássica FUT
– É necessário raspar o cabelo na área doadora para realização da cirurgia
– Impossibilidade de mega sessões, quando realizada isoladamente.
– Custo maior que a FUT, pois na FUE manual, o tempo de cirurgia é significativamente maior que na FUT.

Assista o vídeo do Dr Diogo Coimbra explicando a técnica FUE. Clique aqui.